Mercado Pet: qual as tendências para esse setor em 2019?

Não é de hoje que os animais de estimação são nossos amigos preferidos. A relação é histórica e duradoura. De uns tempos para cá, o mercado pet tem investido – e muito – em acessórios, roupas e brinquedos que deixam a vida dos bichinhos mais agradável. Aliás, se o ser humano pode se esbaldar com isso, por que os animais não poderiam? Quem trabalha nesse segmento sabe o quanto o setor é promissor.


Para mostrar de forma prática, separamos para você as principais tendências do setor pet para 2019.




Mercado pet do Brasil é um dos maiores do mundo

Aliás, é importante destacar o quanto o mercado pet tem crescido nos últimos anos, na contramão da crise econômica brasileira. O setor faturou R$ 20 bilhões em 2018, quase 10% a mais que no ano anterior. Isso deu ao país o segundo lugar no ranking dos maiores mercados do setor, atrás apenas dos Estados Unidos.

Os dados são da Euromonitor Internacional e apontam, ainda, que o setor deve crescer mais ainda em 2019, quando as vendas devem ultrapassar a casa dos R$ 22 bilhões. Então, está mais do que na hora de conhecer as tendências para o mercado pet em 2019.

Seis apostas certeiras para donos de pet shops


1) Foco em acessórios de qualidade


Os pets já não são vistos como simples animais, e sim como parte integral da família.

É essa tendência de “humanização” dos pets que estimula a compra de acessórios de qualidade para os bichinhos, pois eles necessitam do melhor conforto possível e, é claro, de objetos que estimulem atividades físicas e mentais, como brinquedos de borracha, pelúcias, guias de qualidade, acessórios e muito mais.

Portanto, é uma ótima iniciativa a venda de acessórios de qualidade que promovam valor, segurança e obviamente garantem melhor lucratividade ao pet shop.


Além dos brinquedos, dá para apostar em coleiras, guias, comedouros, tapetes higiênicos, escovas, pentes e muitos outros acessórios.


2) Foco na saúde e no bem-estar animal:


A procura por serviços especializados na área da saúde animal tem aumentado. Além das rações mais naturais e da aposta em comidas orgânicas para pets, o setor tem despertado outras novidades.


Massagens, terapia Reiki, fisioterapia e até planos de saúde para os bichinhos são as sugestões do mercado. Além do serviço básico de medicina veterinária, o desenvolvimento tecnológico criou vários outros tratamentos, para inúmeros tipos de doenças e condições, alguns com custo extremamente elevado. Por esse motivo, a procura por planos de saúde animal está aumentando a cada dia.





3) Serviço móvel para animais:


Na correria do dia a dia, fica difícil reservar um tempo exclusivo para os cuidados com os bichinhos.


Isso tem atraído muitos empreendedores, que estão investindo em serviços de banho e tosa a domicílio.


Estabelecidos ha um tempo no mercado americanos, aqui no Brasil já é cada vez mais encontrar um "Mobile Pet Grooming", aquele veículo especializado que se encarrega de ir até à casa do dono do animal para oferecer serviços, que vão do atendimento de saúde, banho e ou tosa, e muito mais.


4) Táxi Dog:


Na mesma linha dos serviços móveis, o Taxi Dog é um veículo que leva o animal para onde precisa, seja ao veterinário ou ao pet shop, e depois o traz de volta. Para quem tem um pet shop por exemplo, ofertar esse serviço é uma grande vantagem e pode aumentar muito os niveis de fidelidade do cliente com o estabelecimento.


5) Pet sitters:


Quem trabalha fora e tem que deixar o cachorro ou o gato sozinhos em casa sabe o quanto eles ficam tristes. A boa dica, porém, é que existem pessoas ou empresas especializadas em oferecer o serviço de babá para os animais.

Além de cuidarem da alimentação, esses profissionais promovem passeios com os bichinhos e garantem um dia cheio de carinho e calor humano.


Aliás, vários aplicativos já oferecem serviços para seu pet de forma rápida e fácil, o que demonstra que a tecnologia é ideal para atender a essa demanda.


E para as lojas, uma ótima oportunidade para parcerias!


6) Presença online:


Já mencionamos a questão dos aplicativos, mas será que a sua loja tem presença online?


Não dá para pensar duas vezes, pois com uma rotina cheia de tarefas, os donos dos animais querem economizar tempo. Dessa forma, sites, redes sociais e agendamento de serviços via WhatsApp, por exemplo, transformam-se em ferramentas essenciais de vendas. Isso é fundamental para quem quer ter sucesso no mercado pet de 2019.

Agora que você já conhece algumas das principais tendências, que tal conhecer a linha de produtos que está fazendo sucesso no mercado pet?


Visite nosso site e preencha seus dados para que possamos mostrar nossas novidades.


Preencha seus dados para ter acesso aos produtos