Deseja abrir um pet shop? Conheça alguns passos necessários no processo

No Brasil, o mercado de pet vem crescendo de forma exponencial nos últimos anos. Em 2017, por exemplo, obteve um faturamento de R$ 19 bilhões. Em 2018, o setor movimentou mais de R$ 20 bilhões. Para este ano (2020), a expectativa é que fature mais de R$ 22 bilhões.


Há uma explicação para tudo isso: conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem no país mais de 132 milhões de animais de estimação, uma população que equivale a mais da metade do número de habitantes que o Brasil possui. Além disso, por trás dessa quantidade de pets, tem-se cuidadores que estão atentos ao que o mercado de pet pode oferecer para garantir que o seu animal viva com qualidade e feliz.

CACHORRO FOFO SENDO ACARICIADO PELA DONA

Diante desse cenário positivo, é mais do que comum sentir o desejo de abrir um pet shop. Se esse for o seu caso, não deixe de continuar a leitura deste conteúdo. Aqui, abordamos cinco passos que são fundamentais para que essa iniciativa dê certo. Confira!

1. Estude o mercado local

MAPEANDO A CONCORRÊNCIA

O primeiro passo para quem busca abrir um pet shop é estudar o mercado local, com o objetivo de identificar não só a concorrência, mas, sobretudo, se a localidade oferece uma boa quantidade de clientes que seja capaz de fazer com que o seu negócio dê certo.


Assim, mapeie a concorrência, quantificando-a. Por exemplo, busque responder a seguinte pergunta: "quantos pet shops existem na região X?". Além disso, tome conhecimento dos serviços que esses pet shops oferecem, para que assim consiga compreender a que tipo de concorrência o seu negócio enfrentará.


Com base nisso, é possível traçar um planejamento que inclua os serviços que não são oferecidos pelos outros pets na região, o que, na prática, pode fazer com que o seu negócio se diferencie, conquistando mais clientes.


Como dica, busque conversar com profissionais do Sebrae de sua região. Geralmente, essa instituição dispõe de dados, como número de potenciais clientes numa localidade e o número de estabelecimentos congêneres, que podem fazer com que essa pesquisa seja um sucesso e com que o seu empreendimento consiga traçar boas estratégias.


2. Monte um pet shop com uma boa estrutura


Pensar numa estrutura confortável e de qualidade é também crucial para que o seu pet shop seja um sucesso. O Sebrae sugere uma área mínima de 50m² para estruturar uma loja de animais.


De acordo com essa instituição, a empresa pode ser dividida entre escritório e consultório, caso seja do interesse do empreendedor.

ESCRITÓRIO PET SHOP
Escriório

No escritório, pode-se realizar as atividades administrativas, como elaboração de folha de pagamento dos funcionários e controle das fichas dos pacientes, por exemplo. Para garantir uma boa estação de trabalho, é fundamental os seguintes equipamentos:

cadeira, mesa, armário, computador, impressora, telefone, caixa de arquivo, entre outros que julgar necessário.


CONSULTÓRIO VETERINÁRIO PET SHOP
Consultório Veterinário

No que tange ao consultório, é fundamental que ele possua ferramentas que garantam um bom atendimento ao paciente, a exemplo de: mesa de atendimento, carrinho curativo, armário vitrine, estetoscópio, foco de iluminação, suporte de soro, etc.


BANHO E TOSA PET SHOP
Sala de Banho e Tosa



Se o local também oferecer serviço de banho e tosa, considere reservar uma sala de, no mínimo, 4,2 metros, a qual deve possuir: secador, soprador, móveis, mesa, canil, caixa de transporte e outras ferramentas que possa auxiliar tal operação, garantindo a ela maior eficiência e produtividade.






3. Invista no atendimento ao pet/cuidador


Não é apenas a estrutura do local que conta como diferencial competitivo no mercado mas, sobretudo, o atendimento ao cliente (cuidador e pet). Inclusive, existem diversos relatos de pesquisas que apontam que um dos principais motivos pelos quais o cliente deixa de voltar em uma loja é devido a um atendimento que deixa a desejar.


Assim, investir no atendimento ao pet/cuidador é um dos passos mais importantes para quem pensa em abrir e manter funcionando um pet shop. É preciso ter ciência que o pet não é um produto, mas, de certo modo, um membro da família do cuidador.


O cuidador trata o pet como se fosse um filho, amigo e irmão, e ao saber que um pet shop o recepciona/atende de forma similar, certamente passa a confiar no estabelecimento, tornando-se um cliente fiel.


4. Selecione uma boa localização


A localização do pet shop pode ser crucial para o seu sucesso. Assim, busque selecionar um local em que permita que o seu estabelecimento se aproxime muito mais dos clientes ou potenciais clientes.


O Sebrae recomenda localizar o pet em uma área em que haja um bom tráfego de pessoas, como em avenidas ou nas principais rodovias. Isso pode aumentar a visibilidade do seu negócio e por consequência atrair mais clientes.


Outro local que pode dar certo é perto de praças ou em ambientes onde, geralmente, os cuidadores passeiam com os pets.


5. Observe a legislação vigente


Abrir um pet shop não é tão simples como muitos imaginam. Além de ser necessário conhecimento de mercado, é fundamental ficar por dentro da legislação vigente, para que assim o seu negócio comece com o pé direito, sem qualquer conflito com as autoridades locais.


A seguir, conheça algumas questões legais que deve observar antes de abrir o seu pet shop:

- É fundamental realizar uma consulta comercial na prefeitura com o objetivo de verificar se o local que escolheu para abrir o seu pet shop é permitido o funcionamento de atividade comercial;

- Deve-se pesquisar o nome de sua marca para verificar se não existe outra no mercado, o que pode gerar conflito comercial;

- É importante solicitar a abertura de CNPJ;

- Tem-se que emitir o alvará de funcionamento do estabelecimento. Geralmente, é a secretaria municipal da fazenda que emite tal documento;

- É crucial registrar o estabelecimento no Conselho Regional de Medicina Veterinária da região ou do estado.


Como podemos observar, é preciso ficar atento a uma série de questões no processo de abertura de um pet shop. São passos/dicas que se colocam como fundamentais para que o negócio dê certo, alcançando o sucesso que se espera.


Ter produtos bons e de qualidade também é muito importante para atrair a clientela! Gostaria de conhecer a nossa linha de produtos para pet shop? Então não deixe de entrar em contato conosco ou, caso prefira, de visitar o nosso site!

Nele, é possível conferir todas as nossas linhas de produtos, como brinquedos, cama, coleira, tapetes higiênicos e comedouros . Aproveite!