Como acostumar o seu gato a usar coleira?


Sabemos que os gatos ganham cada vez mais adeptos. E não é à toa. Os felinos são ótimos companheiros, além de serem carinhosos e independentes. Ao contrário do que diz o senso comum, são muito apegados aos seus tutores. Porém, na hora do passeio é preciso tomar cuidado.


Os gatos adoram passear, principalmente durante a noite. Acontece que muitos tutores temem que algo aconteça com os bichanos. Apesar de serem espertos, os gatos podem cair em enrascadas, serem atropelados ou se perderem.


GATO USANDO COLEIRA- "Como acostumar o seu gato a usar coleira?"- BRASPETS

Por isso, uma das formas mais seguras de levar o amigo para passear é com uma boa coleira. O ideal é acostumá-los desde filhotes. Porém, os gatos adultos também podem se acostumar com um pouco de paciência dos tutores.


Cuidado com o tamanho e tipo de coleira

Os gatos são muito rápidos e requerem uma coleira na medida. Isso, porque os felinos podem se soltar se o tamanho não estiver adequado. Outro cuidado importante é que a coleira tenha peitoral para que ele não consiga se soltar pelas patas. Isso é muito comum com os gatos, já que eles podem se assustar e sair da coleira com facilidade.


Antes do passeio


Para acostumar o gato a usar a coleira peitoral, o tutor precisa de alguns truques. No início, o gato não vai se sentir e à vontade e pode até se recusar a andar. Por isso, na primeira vez que colocar a coleira, o tutor deve deixá-la mais folgada.


O ideal é que o gato fique com a coleira dentro de casa por um tempo antes de sair para a rua. Conforme ele for se acostumando, o tutor deve ir apertando a coleira até que ela fique firme e justa.


É possível também associar o uso da coleira a algo positivo. Ao colocar a peitoral, o tutor pode oferecer petiscos que o gato gosta ou, então, brincar com ele.


Durante o passeio


Durante o passeio, é importante percorrer distâncias curtas para que o felino vá se acostumando com a coleira. É importante deixá-lo à vontade para que ele vá aos lugares que ele se interessa. No início, muitos gatos não querem andar e preferem apenas observar o movimento. O importante é respeitar o ritmo dele.


O tutor não deve, em hipótese alguma, puxar o gato contra a vontade dele. Além de machucá-lo, isso pode fazer com que o felino não se sinta bem durante o passeio. E esse deve ser um momento especial para ele.

GATO USANDO COLEIRA- "Como acostumar o seu gato a usar coleira?"- BRASPETS

É importante também evitar lugares muito movimentados, especialmente no início. Quando assustados, os gatos são difíceis de serem segurados.


E vale a pena lembrar algo importante: nada de levar o bichano para passear no sol quente. Assim como os cães, os gatos podem sofrer com queimaduras nas patas além de ficarem desidratados.


Outra dica importante é colocar uma plaquinha de identificação no peludo apenas por precaução.


Já ouviu falar nas guias retráteis da Flexi? Feitas na Alemanha, foram fabricadas com um inovador sistema de freios de parada curta. As guias da Flexi criam um alto nível de segurança e conforto durante as caminhadas. Visite nosso site e confira mais detalhes das guias ideais para gatos e cachorros! Acesse: www.braspets.com.br